Almodôvar: Almodôvar aposta este ano em obras e ação social com orçamento de 12,6ME

0

A Câmara de Almodôvar, no Alentejo, tem um orçamento de 12,6 milhões de euros para este ano e vai apostar em várias obras e na ação social, disse hoje à agência Lusa o presidente do município.

O orçamento para este ano, de 12.648.000 euros, mais 231.541 euros do que o de 2017, já foi aprovado pela Câmara e pela Assembleia Municipal de Almodôvar, no distrito de Beja, precisou António Bota (PS).

Segundo o autarca, o orçamento para este ano “está virado para as pessoas e para o desenvolvimento económico e social do concelho” e inclui “uma componente social bastante forte” e “investimentos em várias obras” para “melhorar a qualidade de vida dos habitantes”.

No âmbito da componente social, precisou, o município vai manter os apoios em vigor, lançar um programa de ocupação temporária de desempregados de longa duração, com funções em várias áreas na autarquia, e criar 63 postos de trabalho, através da regularização de situações de trabalhadores precários e de novas contratações.

Das obras previstas, o autarca destacou as de beneficiação do troço da estrada municipal entre o Pico do Mú e a aldeia de São Barnabé, num investimento de 800 mil euros, e as de requalificação urbanística da aldeia de Santa Clara-a-Nova, orçadas em 400 mil euros.

O orçamento contempla também verbas para outras cinco obras em curso no concelho: as de requalificação do centro histórico e de construção da cobertura do parque desportivo da Escola do 1.º ciclo do Ensino Básico e do parque de caravanismo da vila, de recuperação da igreja matriz de Graça de Padrões e de requalificação urbanística de Aldeia dos Fernandes.

Em termos de impostos municipais, a Câmara de Almodôvar vai manter este ano a taxa mínima de 0,30% do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para prédios urbanos a pagar por habitantes do concelho.

O município também vai manter este ano as reduções de 20, 40 e 70 euros no IMI a pagar por famílias com um, dois, três ou mais filhos, respetivamente.

Os municípios têm liberdade para fixar a taxa de IMI entre 0,30% e 0,45% para os prédios urbanos e no caso dos prédios rústicos (terrenos com fins agrícolas) a taxa aplicável é de 0,8%.

Ao nível da Derrama, a autarquia vai manter a isenção do pagamento para as empresas do concelho com volume de negócios até 150 mil euros e uma taxa de 1,5% para as empresas com volume de negócios superior a 150 mil euros.

O orçamento para 2018 foi aprovado pela Câmara de Almodôvar com os votos a favor dos quatro eleitos da maioria PS e a abstenção do vereador da oposição PSD.

Na Assembleia Municipal de Almodôvar, o orçamento foi aprovado com votos a favor dos 17 eleitos da maioria PS e as abstenções dos quatro eleitos pelo PSD.

Deixar uma resposta

Share This