BTT: 3.ª Taça Concelhia de BTT de Odemira terminou com balanço positivo

0

A 3ª edição da Taça BTT de Odemira terminou no passado domingo, dia 6 de novembro, com a prova “Pelas Serras do Mira”, em São Teotónio, com um balanço bastante positivo, no total das cinco provas de cross country, que mobilizaram mais de 500 atletas ao longo dos meses de maio e novembro.

Classificações finais na Maratona: Elites Masculinos: 1.º Daniel Vilhena (FBikes), seguido de David Martins (Extremosul) e de Roberto Duarte (Individual). Hugo Vilhena (FBikes) terminou no 4.º lugar.

Masters A 30 Masculinos: 1.º Ricardo Pereira (Santa Cruz), seguido de Nuno Pereira (Amigos da Talega) e de Bruno Sebastião (Torrados Bike).

Masters B 40 Masculinos: 1.º Rui Matias (Santa Cruz), seguido de João Lourenço (G.A. Grândola) e de Nuno Guerreiro (BTT Grândola).

Masters C 50 Masculinos: 1.º Hernâni Correia (Torradas Bike) seguido de José Reis (Baixa de São Pedro) e de Jos Pronk (Individual).

Masters A 30 Femininos: Teresa Fernandes (Duraizos) seguida de Telma Gonçalves (OneBike) e de Ana Reis (Baixa de São Pedro).

Classificações finais na Meia – Maratona: Juniores Masculinos: 1.º Duarte Deolindo (Cercal Bike) seguido de Ruben Patrício (Quintajense) e de Rui Reis (Duraizos)

Elites Masculinos: 1.º Rafael Malaquias (CercalBike), seguido de Ruben Silva (Lusabikes) e de João Pires (CercalBike).

Elites Femininas: 1.ª Soraia Gil (Repsol) seguida de Daniela Reis (BTT Pedalar) e de Ana Silva (BTT Seia).

Masters A 30 Masculinos: 1.º Arménio Rodrigues (BTT Grândola) seguido de Paulo Patrício e de Edgar Raposo, ambos do CercalBike.

Masters B 40 Masculinos: 1.º Paulo Saúde (Individual), seguido de Luís Gonçalves (BTT de Grândola) e de Nuno Carlos ((Os Kotas).

Masters C 50 Masculinos: 1.º Daniel Purro (Portimão) seguido de Nelson Barreira (Individual) e de José Vilhena (Os Kotas).

Masters 30 Femininos: 1ª Mónica Peixe (Azeitão) seguida de Marta Varela (Portimão) e de Martine Pronk (Individual).

A Taça Concelhia de BTT teve por objetivo afirmar o concelho como o território privilegiado para a prática do BTT tanto ao nível turístico, de lazer e de competição.

Deixar uma resposta

Share This