Desporto: Mário Rui será a 32.ª estreia da era Fernando Santos

0

Mário Rui, defesa esquerdo siniense de 26 anos que joga no Nápoles, foi chamado à seleção para substituir Fábio Coentrão (lesionado) e caso seja utilizado nos particulares frente ao Egito (sexta-feira) e Holanda (segunda), de preparação para o Mundial, torna-se o 32.º jogador lançado por Fernando Santos desde que o selecionador assumiu os destinos da equipa nacional, em setembro de 2014.

A Seleção Nacional realizou, esta quarta-feira, mais um treino na Cidade do Futebol, tendo em vista os jogos de preparação frente ao Egito e à Holanda, agendados para 23 e 26 de março, na Suíça.
Antes do treino, Mário Rui comentou a primeira chamada à Equipa das Quinas. Em conferência de imprensa, o lateral mostrou-se surpreendido com a convocatória e disse que a integração no grupo está a correr melhor do que esperava.

“Houve algum nervosismo quando recebi a chamada por parte da FPF. Naquele momento, passaram muitas coisas pela minha cabeça e não estava à espera, mas foi um sentimento de felicidade”, disse, revelando que “não esperava ser assim tão bem recebido”.

“Os meus colegas disseram-me para estar muito tranquilo, aproveitar esta oportunidade e divertir-me. Espero continuar a integrar-me da melhor maneira neste grupo”, acrescentou o defesa, que fez parte da geração vice-campeã do Mundo na categoria de sub-20, em 2011. “Já passaram muitos anos. O Danilo e o Cédric, que jogaram comigo nessa altura, estão há muito tempo neste grupo, eu acabo de chegar, mas espero ter a mesma sorte deles na Seleção A.”

Sobre os adversários que Portugal vai encontrar, Mário Rui disse esperar dificuldades, porque “são duas equipas muito fortes”.

“O Egito é campeão africano, tem jogadores de muita qualidade e é uma equipa muito parecida às que iremos defrontar na fase de grupos do Mundial-2018. A Holanda é uma seleção forte e jovem, em construção, e será um teste importante para a nossa seleção”, afirmou, valorizando, por fim, a oportunidade de jogar junto dos emigrantes portugueses: “O carinho deles é uma coisa muito bonita”.

Deixar uma resposta

Share This