Ferreira do Alentejo: Dia 5 de março são celebrados 500 anos do foral Manuelino

0

Uma recriação histórica e um banquete com “iguarias quinhentistas” vão marcar, no dia 5 de março, as celebrações dos 500 anos da outorga do foral Manuelino à vila de Ferreira do Alentejo, no distrito de Beja.

O programa comemorativo, divulgado pelo município, prevê a recriação do ambiente quinhentista para evocar a receção da carta de foral concedida “aos homens bons do concelho” no dia 05 de março de 1516.

Com a participação de várias coletividades e associações e dos que se queiram juntar às comemorações “vestindo-se a rigor”, o desfile vai passar por algumas das artérias mais antigas da vila e terminar no Largo José de Vilhena, junto ao Museu de Arte Sacra, onde, através da recriação histórica, será lida a carta de Foral “em pleno ambiente quinhentista”.

Ao longo da tarde, haverá ainda demonstrações de falcoaria, treino de armas e oficinas de olaria e de ferreiro, às 20:00 será servido um banquete com “iguarias quinhentistas” e às 22:00 irá decorrer o “Concerto para D. Manuel I”.

A outorga do foral manuelino, em 05 de março de 1516, é “o momento mais alto da história” da “já longa caminhada” de Ferreira do Alentejo como concelho autónomo no todo nacional, refere a autarquia.

As iniciativas previstas para o dia 05 de março fazem parte do programa que a câmara, a assembleia municipal e as freguesias do concelho de Ferreira do Alentejo estão a promover este ano para comemorar os 500 anos da outorga do foral manuelino à vila e “promover e dignificar” o “ser ferreirense”.

O município criou uma imagem oficial das comemorações, que se baseia em fatos históricos, mais concretamente num antigo selo que terá existido na autarquia e que remete para “a história da fundação da povoação que se tornou lenda: lenda da cidade de Singa”.

Deixar uma resposta

Share This