Futebol:  Novas regras na Taça de Portugal para a época 2015-2016

0

A Federação Portuguesa de Futebol anunciou as novidades para a edição de 2015/16 da Taça de Portugal Masculina.

A competição que na presente temporada foi disputada por 135 formações, irá a partir da próxima temporada ser composta por 160 equipas.

Na primeira eliminatória além das 80 equipas do Campeonato Nacional de Seniores, irão juntar-se 44 dos campeonatos distritais, sendo ainda desconhecido o modo como essas vagas serão entregues, devendo continuar o vencedor da Taça Distrital de cada associação a obter classificação directa para a Taça de Portugal. A este, deverá juntar-se o segundo classificado do campeonato maior de cada associação ou o finalista vencido da Taça Distrital.

O objectivo desta alteração passa por levar a Taça de Portugal ao máximo de pontos do território português e contará ainda com a divisão de oito grupos das equipas na fase inicial da competição para permitir aos clubes menores deslocações (as mesmas continuarão a ser suportadas pela FPF) mas também a possibilidade de mais confrontos históricos entre os clubes.

A entrada dos clubes da Primeira Liga também sofreu alterações, continuando a entrar na 3ª eliminatória mas estando obrigados a jogar fora do seu reduto, situação que acontece igualmente na 2ª eliminatória para os clubes da Segunda Liga.

Por fim uma das notas mais importantes prende-se com o facto dos prémios atribuídos aos clubes que disputem a 1ª eliminatória (dois mil euros), 2ª eliminatória (três mil euros), 3ª eliminatória (quatro mil euros), 4ª eliminatória (cinco mil euros), quartos-de-final (dez mil euros), meias-finais (quinze mil euros), finalista vencido (150 mil euros) e vencedor (300 mil euros).

Deixar uma resposta

Share This