Grândola: Deputados do CDS preocupados com qualidade da TDT na freguesia de Melides

0

Nuno Magalhães, deputado do CDS-PP eleito por Setúbal, juntamente com os deputados do CDS-PP na Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto – Teresa Caeiro, João Almeida, António Carlos Monteiro e Vânia Dias da Silva –, apresentaram um requerimento à ANACOM sobre a perda de qualidade do sinal de Televisão Digital Terrestre, na freguesia de Melides.

O processo de substituição do sinal de televisão analógico, pelo sinal de TDT, apresentou, desde o início, vários problemas, tendo sido alvo de críticas e reclamações por parte dos destinatários. Os problemas verificados levaram a que muitos dos utilizadores tivessem sido obrigados a optar por adquirir serviços dos operadores privados, o que implica o pagamento de uma mensalidade e, consequentemente, um custo acrescido.

O CDS-PP manifestou, desde o início, preocupação e sempre esteve atento a todo este processo. No entanto, e apesar de todos os esforços desenvolvidos no sentido de resolver os problemas em questão, continuam a chegar denúncias sobre a má qualidade do sinal de TDT, sendo, a mais recente, a da população da zona de Melides, que procedeu ao investimento necessário para a devida utilização da TDT, mas que tem sido confrontada sistematicamente com a má qualidade do sinal, que provoca, nomeadamente bloqueios na imagem, efeitos de “pixelização” e perda de som e/ou dessincronização com a imagem.

Assim, os deputados do CDS-PP pretendem saber se a ANACOM tem conhecimento das queixas apresentadas pela população da zona de Melides, se, para além daquela zona, existem outras onde se verificam problemas da falta de qualidade do sinal de TDT, e, se sim, quais e quais os problemas apontados.

Finalmente, o CDS-PP quer que a ANACOM especifique que ações é que está a levar a cabo para resolver todos os problemas relacionados com o fornecimento do sinal de Televisão Digital Terrestre.

Deixar uma resposta

Share This