Grândola: Exposição Colectiva de Escultura marca inauguração da Praça da República

0

A inauguração da requalificação da Praça da República, espaço emblemático situado no Centro Tradicional da Vila de Grândola, realiza-se esta sexta-feira, dia 23 de fevereiro, às 18 horas.

A inauguração é assinalada com uma Exposição Coletiva de Escultura com obras de seis reconhecidos escultores do panorama das artes e cultura nacional.

“Metamorfose” escultura em mármore com 259x153x90  da autoria de João Sotero, “Árvore para um Jardim” obra esculpida  em calcário com 260x100x80 de Vitor Ribeiro,  “O Esqueleto, Costelas sob Suposta Influência de Camilo” peça em ferro com 200x75x30 de António Canau, uma escultura sem titulo em mármore e vidro com 158x156x40  de Pedro Fazenda,  “Formigueiro” obra em mármore travertino com 70x50x30 de Rui Horta Pereira,  e “Rodas” peça em ferro com diâmetro de 140cm do autor Paulo Neves são as esculturas em Exposição que vão ficar patentes ao público até 1 de maio na  renovada “Praça da Republica” .

A Requalificação de que a denominada “Praça das Palmeiras” foi alvo insere-se num conjunto de intervenções de melhoramento do espaço público que o Município de Grândola está a desenvolver e que contribuirão para criar uma nova dinâmica turístico-cultural.

A intervenção contemplou a plantação de novas palmeiras de acordo com uma nova geometria e passo, que potencia as qualidades especiais deste lugar, a instalação de focos de pavimento e mobiliário urbano e a recolocação da estátua ao Dr. Jacinto Nunes.

Momento bastante aguardado pela comunidade, a inauguração da renovada Praça da Republica, devolve à população, um novo e revalorizado espaço público de encontro, cultura e lazer, onde estão preservadas e resgatadas as características  que construíram a memória física e social deste lugar icónico de Grândola.

A intervenção resultou de um investimento superior a 120 mil euros e contou  com uma comparticipação financeira de 85% do valor elegível, no âmbito da candidatura apresentada pelo município ao Quadro Comunitário de Apoio – Portugal 2020.

Deixar uma resposta

Share This