Grândola: Incêndio devastou cerca de 3 mil hectares de área florestal na freguesia de Azinheira dos Barros

0

O presidente da Câmara de Grândola, António Figueira Mendes, estimou hoje em cerca de três mil hectares a área ardida no incêndio que lavrou no concelho desde quinta-feira, incluindo “muito” eucaliptal e também montado.

“O perímetro do que já ardeu ainda não está bem avaliado, mas terão sido cerca de três mil hectares”, onde se inclui “muito eucaliptal e também área de montado e de pastagens”, disse o autarca.

Segundo António Figueira Mendes, na quinta-feira, “a maioria desta área ardeu no espaço de uma hora”, devido ao “vento forte”, que chegou aos “40 quilómetros/hora em determinado momento”.

O fogo, que deflagrou às 15:07 de quinta-feira, nas freguesias de Azinheira dos Barros e São Mamede do Sádão, foi considerado extinto no final desta tarde de sexta-feira. Os operacionais vão continuar no terreno para consolidar o rescaldo e evitar possíveis reacendimentos.

Durante a noite e madrugada de sexta-feira, as chamas obrigaram à evacuação de cerca de 10 montes isolados, apenas por precaução, já que passadas umas horas, ainda durante a madrugada, a maioria regressou às suas casas.

O reconhecimento feito no terreno, já hoje, pelas autoridades e permitiu constatar que “não há animais mortos, nem casas ardidas”, acrescentou o autarca.

O combate às chamas mobilizou cerca de 225 operacionais, apoiados por 70 viaturas e dois meios aéreos. Embora seja uma zona com muitos montes dispersos nenhuma habitação foi atingida.

Deixar uma resposta

Share This