Grândola: Morreu o terceiro jovem envolvido no acidente de Grândola

0

O jovem que ficou ferido com gravidade na terça-feira na sequência do despiste de um automóvel no IC1, em Grândola, Setúbal, morreu hoje, elevando para três o número de mortos naquele acidente, disse à Lusa a GNR.

A vítima, com cerca de 20 anos, foi transportada para o hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, e posteriormente transferida para o Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental.

Fonte daquele centro hospitalar indicou à Lusa que o jovem foi transportado de helicóptero, na madrugada de ontem, do Hospital do Litoral Alentejano para o Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, tendo ficado internado na unidade de cuidados intensivos.

Outros dois jovens, também com idades na casa dos 20 anos, morreram na terça-feira na sequência daquele acidente, tendo os óbitos sido declarados no local, segundo fonte da GNR.

A reparação do Itinerário Complementar (IC) 1, entre Alcácer do Sal e Grândola, voltou hoje a ser reivindicada, em comunicado enviado à Lusa, pela Comissão de Utentes daquela infraestrutura viária, que defende o “direito de circular” com “qualidade e segurança”.

A Comissão de Utentes exige “que se promovam de imediato as necessárias e urgentes obras” na via entre as localidades de Alcácer do Sal e de Grândola, a que chama de “estrada da morte”.

Também o município de Alcácer do Sal voltou hoje, num comunicado enviado à imprensa, a “reclamar a urgente reparação do IC1” e pede a “intervenção vigorosa do primeiro-ministro”, argumentando que a estrada em causa é “um perigo constante para a vida das pessoas”, quando a reparação “já devia ter sido feito há, pelo menos, seis anos”.

Deixar uma resposta

Share This