Grândola: Município associa-se a iniciativa “Cidades pela vida – Cidades Contras a Pena de Morte”

0

O Município de Grândola associa-se ao movimento mundial “Cidades Pela Vida – Cidades Contra a Pena de Morte” através da iluminação, amanhã, dia 30, do monumento “Memorial ao 25 de Abril”, situado na Praça da Liberdade, da autoria de Bartolomeu Cid dos Santos, e designadamente da fachada onde estão inscritos alguns artigos da Declaração dos Direitos Humanos (em cujo artigo 3.º se estabelece que “Todo o indivíduo tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal”), bem como à iluminação alusiva à data do edifício dos antigos Paços do Concelho, situado no centro histórico da vila de Grândola, que foi antiga cadeia e tribunal e que é atualmente a sede do Observatório da Canção de Protesto e Posto de Turismo de Grândola.

Com início em 2002, esta ação promovida pela Amnistia Internacional, que decorre a 30 de Novembro, tem vindo a receber anualmente um número cada vez maior de participações. Até à data aderiram mais de 2000 cidades em todo o mundo.

Um gesto simbólico que pretende unir o mundo em torno da abolição da pena de morte. Neste dia, cidades de mundo inteiro iluminam um edifício público ou um monumento histórico.

Deixar uma resposta

Share This