Grândola: PJ deteve dois homens pelo crime de incêndio florestal agravado

2

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, com a colaboração da GNR de Grândola, identificou e deteve dois homens, com 55 e 18 anos de idade, por sobre eles recaírem fortes indícios da prática do crime de incêndio florestal agravado.

Os detidos são suspeitos da autoria de dezenas de ocorrências de incêndio, desde o início de julho, e foram agora indiciados fortemente em quatro delas, que destruíram terrenos florestais e agrícolas, assim como bens e equipamentos que neles se encontravam na localidade de Ameiras do Incenso, concelho de Grândola.

Os detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido decretada a medida de coação de prisão domiciliária, a um deles, e apresentações semanais no posto policial mais próximo, ao outro, para além da proibição de contactos e de circular ou permanecer em propriedade alheia.

No corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 52 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Discussão2 comentários

  1. A aplicação da justiça no caso em apreço ainda vai no adro. O alarido social ainda se faz sentir. A acreditação da justiça em Grândola entrou num paradigma de descrença. Esta panoplia de crimes traduzidos em 43 incendios declarados e 11 não declarados, não pode de forma nenhuma ficar impune á incompetencia ou inepcia de quem seja. Esta presente a intenção de apresentar queixa contra o Estado para o apuramento das responsabilidades por 53 incendios decorridos em 3 meses e na mesma area. Vamos aguardar pelo desfecho.

  2. A magoa, a revolta latente. o sentimento de abandono perpretado pelas autoridades judiciais de GRANDOLA, o prejuizo das vitimas, o descrédito a este poder de quem pode e nada faz ou se faz é demasiado tarde, o desamino, a imagem desertificada da floresta, o preto, o silencio, a desconfiança do após, a calma aparente, a descoberta da pequenez da impotencia de acção não por cobardia mas sim por cumprimento da Lei ………Em suma uns merdas para pagar impostos e chiu chiu ponham-se MANSOS. È a justiça que temos , …….QUE NOJO.

    Refiro-me a 42 incendios, declarados e mais 11 incendios não declarados , ou seja 1 incendio em cada 5 dias à porta dos residentes. sem resposta . Alguem FALHOU , FALHOU e esse alguem tera que ser resposabilizado.

Deixar uma resposta

Share This