Litoral Alentejano: Seis distinções para o Grupo Crédito Agrícola

0

Em 2015 o Grupo Crédito Agrícola foi galardoado com seis distinções em diversas áreas: banca, seguros e fundos de investimento.

O Banco foi considerado, pela revista britânica The Banker, no seu estudo “Top 1000 World Banks”, o terceiro mais sólido a operar em Portugal e o primeiro de capitais exclusivamente nacionais.

O Prémio Cinco Estrelas 2015, promovido pela U-Scoot com base num estudo de mercado realizado pela Ipsos APEME, foi atribuído ao Crédito Agrícola na categoria “Banca, serviço de atendimento ao cliente”.

A CA Seguros, a seguradora não vida do Grupo Crédito Agrícola, foi eleita, pela quinta vez, como a Melhor Seguradora Não Vida do seu segmento. Esta distinção resulta de um estudo realizado pela revista EXAME em parceria com a Deloitte e com a Informa D&B.

O Fundo de Investimento Mobiliário Aberto de Obrigações CA Rendimento, gerido pela Crédito Agrícola Gest – Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Mobiliário, S.A. (CA Gest), foi distinguido com o prémio “Gestão Nacional de Organismos de Investimento Coletivo”, na categoria “Fundos de Obrigações de Taxa Indexada”. Trata-se de um prémio da autoria da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP) e do Diário Económico. O CA Monetário foi, também, considerado pela APFIPP, pelo sexto ano consecutivo, como o fundo mais rentável na classe “Fundos de Mercados Monetários Euro”. A mesma entidade distinguiu, ainda, o CA Flexível, como o fundo que apresentou a melhor rentabilidade em 2014, na categoria “Fundos Flexíveis”.

O ano fica ainda marcado pelo bom desempenho do Grupo, com um resultado líquido de 36,4 milhões de euros no terceiro trimestre, e pela reeleição dos órgãos sociais, com Licínio Pina na presidência do Conselho de Administração Executivo da Caixa Central de Crédito Agrícola durante o próximo triénio (2016-2018), com 93,3% dos votos.

Deixar uma resposta

Share This