Mais mortes nas estradas pelo segundo ano consecutivo

0

Em 2018, 512 pessoas perderam a vida nas estradas portuguesas. Em 2017, já se tinha registado um aumento, em relação ao 2016, para 510 mortes.

Voltou a aumentar o número de pessoas que perderam a vida nas estradas portuguesas. Em 2018, foram 512 e em 2017 tinham sido 510. Os números da Autoridade de segurança Rodoviária e da Guarda Nacional Republicana (GNR) são divulgados pelo Jornal de Notícias , na sua edição desta quarta-feira.

Este aumento em dois anos consecutivos quebra uma tendência de descida que já tinha 20 anos. Ou seja, desde 1996 que não existiam dois anos seguidos com o número de vítimas de acidente rodoviários a aumentar. Esta tendência deixa em risco a meta definida para 2020 de segurança rodoviária que é de 399 mortes nos 30 dias a seguir ao acidente. Em 2017, esse valor era de 602 nesse prazo de 30 dias.

Aos dados revelados pelo JN falta ainda acrescentar os números da PSP, pelo que o número de mortos nas estradas deve ser ainda maior, que os 512 contabilizados até agora.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.