Nacional: Número de incêndios mais do que duplicou em relação a 2014

0

O número de incêndios florestais mais do que duplicou este ano em relação a 2014, tendo-se registado 10.695 ocorrências de fogo, valor superior à média dos últimos 10 anos, segundo dados apresentados esta terça-feira.

Numa conferência de imprensa realizada na Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o comandante operacional nacional, José Manuel Moura, afirmou que a resposta do dispositivo de combate tem sido “notável” e de “sucesso”, apesar do aumento do número de ocorrências de fogo, num balanço do primeiro mês da fase mais crítica em incêndios florestais.

De acordo com os números divulgados, 10.695 incêndios registaram-se entre 1 de janeiro e 31 de julho, enquanto no mesmo período do ano passado tinham deflagrado 4.165.

A área ardida mais do que triplicou este ano, tendo os incêndios florestais atingido uma área de 27.921 hectares, enquanto no mesmo período de 2014 as chamas consumiram 7.575.

O comandante adiantou que “o número de ignições e área ardida” foi superior à média dos últimos 10 anos entre janeiro e junho, mas, em julho, os fogos atingiram valores próximos, enquanto a área ardida foi inferior.

José Manuel Moura referiu que 2014 foi “o melhor ano de sempre, desde que há registo”, devendo-se, por isso, fazer-se uma comparação a 10 anos.

Deixar uma resposta

Share This