Nacional: Operação da GNR para Ano Novo já registou 427 acidentes e cinco mortos

0

A GNR registou 427 acidentes e cinco mortos desde as 00:00 de sexta-feira, na operação do Ano Novo, menos ocorrências que no passado e igual número de vítimas, estimou hoje fonte daquela força policial.

Na operação, que decorre até segunda-feira, já foram contabilizados 427 acidentes, cinco vítimas mortais, seis feridos graves e 117 ligeiros, referiu à agência Lusa fonte do comando-geral da Guarda Nacional Republicana (GNR).

A comparação com os resultados da operação da passagem do ano de 2015 para 2016 permite estimar que, até agora, “há menos acidentes e igual número de vítimas mortais”, acrescentou.

O distrito de Aveiro registou duas mortes em acidentes rodoviários, enquanto Santarém, Viseu e Leiria contribuíram com uma vítima mortal cada um para o total de mortos nas estradas naquele período, segundo aquela fonte da GNR.

Quanto à distribuição pelo país do número total de acidentes, o Porto lidera com 62 ocorrências, seguido de Braga, com 46, e Aveiro, com 45.

A operação da GNR durante o período das festividades do Ano Novo está a fiscalizar, nomeadamente, a falta de habilitação legal para conduzir, a condução sob influência do álcool e drogas, o excesso de velocidade, a incorreta ou não utilização do cinto de segurança e de sistemas de retenção para crianças (cadeiras) e o uso indevido de telemóvel durante a condução.

A ação mobiliza militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos comandos territoriais, reforçados pela Unidade de Intervenção de Segurança e Honras de Estado.

Na operação Natal Tranquilo, realizada entre os passados dias 23 e 26, a GNR registou um morto em 750 acidentes, representando mais 126 desastres e menos seis mortos do que no mesmo período de 2015.

Durante a operação Natal Tranquilo foram ainda registados oito feridos graves, menos 12 que em 2015, e 240 feridos ligeiros, menos 44.

 

Deixar uma resposta

Share This