Odemira: Município recebe durante um ano seis jovens voluntários europeus

1

O concelho de Odemira vai receber, a partir do dia 7 de Setembro e durante um ano, seis jovens voluntários europeus, no âmbito da candidatura do Município de Odemira ao Projeto Erasmus+ Juventude em Ação / Serviço Voluntário Europeu.

Para o projeto “Odemira na Europa” o Município conta com a parceria de várias entidades locais para a integração dos voluntários, designadamente a GAIA Alentejo / Grupo de Transição de São Luís, Sociedade Recreativa Colense, Odemira-te – Associação Cultural e Artística do Mira, ADMIRA – Associação para o Desenvolvimento da Região do Mira, Associação Cultural Desportiva e Recreativa das Brunheiras e Associação Humanitária D. Ana Pacheco, bem como de outras entidades de países como Itália, Alemanha, Espanha, Estónia, Polónia e Suécia.

As entidades parceiras elaboraram um plano de ação, para o período de 12 meses, no qual os voluntários poderão desenvolver novas competências pessoais e profissionais, ter contacto com a nossa cultura e gentes num pressuposto de educação não formal.

A Agência Nacional, entidade que em Portugal é responsável pela gestão do programa, aprovou a candidatura de Odemira, que tem assim o financiamento de 60.949,02€, para suportar os custos previstos pelos voluntários, que irão desenvolver as suas ações nas entidades parceiras.

O Serviço Voluntário Europeu (SVE), proposto pela Comissão Europeia dentro do Programa Erasmus+/Juventude em Ação, permite que jovens com idades compreendidas entre os 17 e os 30 anos expressem o seu empenho pessoal através de serviço voluntário não renumerado, a tempo inteiro, por um período máximo de 12 meses, noutro país situado dentro ou fora da União Europeia.

Os jovens voluntários têm a oportunidade de contribuir para o trabalho quotidiano de organizações que lidam com informações e políticas para a juventude, desenvolvimento pessoal e socioeconómico dos jovens, participação cívica, assistência social, inclusão dos desfavorecidos, ambiente, programas de educação não formal, TIC e literacia mediática, cultura e criatividade, cooperação para o desenvolvimento, etc.

Este projeto contempla também o envio, em 2016, de jovens odemirenses para a Europa, para que tenham também eles a oportunidade de adquirir e trazer consigo uma experiência internacional, que possa enriquecer o seu futuro profissional e pessoal.

Discussão1 comentário

  1. Pingback: EVS “Odemira na Europa” in Regional Media | odemira na europa

Deixar uma resposta

Share This