Odemira: Qualidade narrativa e gráfica no Concurso de Banda Desenahada

0

O Concurso de Banda Desenhada promovido no âmbito da 10ª edição da BDTECA – Mostra de Banda Desenhada de Odemira, mobilizou 17 autores, que apresentaram 23 trabalhos de grande qualidade gráfica e narrativa. O vencedor do concurso foi Paulo Montes, de Loulé, um amante de BD que se lançou recentemente no mundo da criação.

Em 2º lugar ficou Maria Cecília Gomes, cidadã brasileira residente em Lisboa, e em 3º lugar classificou-se Pedro Mendes, da Amadora. O júri atribuiu ainda duas Menções Honrosas a Catarina Jordão, da Póvoa do Varzim, e a Carlos Rocha, de Faro. O jovem Guilherme Gonçalves, do Almograve e recebeu uma Menção de Participação. O vencedor recebeu 500,00€ de prémio, o 2º classificado recebeu 250,00€ e o 3º lugar o valor de 125,00€.

Em concurso estiveram trabalhos vindos de norte a sul do país e até da Galiza. Todos os trabalhos participantes no concurso de BD estão em exposição até ao dia 31 de março na Biblioteca Municipal José Saramago.

A entrega de prémios aconteceu no passado dia 5 de março, momento também de apresentação do catálogo “Odemira-te nº3”, que reúne os trabalhos distinguidos nas edições da BDTECA entre 2011 e 2015.

A 10ª edição da BDTECA – Mostra de Banda Desenhada de Odemira incluiu ainda exposições, mostras documentais e workshops. A iniciativa é promovida pelo Município de Odemira, em parceria com a Sopa dos Artistas – Associação Local de Artistas Plásticos, com o objetivo de divulgar este género artístico entre o público juvenil e adulto, estimular a criatividade e afirmar Odemira como um dos principais centros de desenvolvimento da Banda Desenhada na região e no país.

Deixar uma resposta

Share This