População da freguesia de São Luís exige a reparação da Estrada Nacional (EN) 120

0

A população de São Luís, no concelho de Odemira, espera e desespera por obras na Estrada Nacional (EN) 120, que liga a freguesia de São Luís a Odemira.

A via é muito utilizada pelas populações de Cercal do Alentejo, São Luís e Odemira, que exigem uma solução rápida para os estragos, que se estendem por 20 quilómetros e que constituem um risco para utentes e viaturas.

Fernando Parreira, presidente da freguesia de São Luís, explica que a situação se arrasta há vários anos. “Nos últimos anos temos assistido a uma degradação do troço entre São Luís e Odemira, que não tem qualquer manutenção, o que é uma falta de respeito por quem aqui vive, trabalha e por quem nos visita”.

“Tanto a população individualmente como as autarquias têm alertado a Infraestruturas de Portugal para esta situação, mas não temos tido qualquer resposta. É o abandono total desta via por parte de quem tem a obrigação de proceder à sua reparação”.

Núria Oliveira, que utiliza a estrada todos os dias, diz que o troço ” está cada vez pior, é um perigo constante: desviamo-nos de um buraco e caímos logo noutro”.

António Silva, que também é utilizador da EN120, acrescenta que já sofreu dois furos em pneus e que foi obrigado a mudar os amortecedores da viatura devido ao piso. “É inadmissível, porque pagamos impostos e ninguém faz nada para a resolver, isto piora de dia para dia”.

A Estrada Nacional 120 liga as cidades de Alcácer do Sal, no distrito de Setúbal, a Lagos, no Algarve, num percurso superior a 170 quilómetros, atravessando vários concelhos do sudoeste alentejano.

Deixar uma resposta

Share This