População de Deixa-o-Resto manifestou opinião acerca de espaço público da localidade

0

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém realizou, dia 12 de setembro, em Deixa-o-Resto, uma reunião com a população onde abordou questões relacionadas com o espaço público da localidade, em particular os danos nos passeios e na EN261 provocados pelas árvores existentes.

A população que esteve presente, na sala do edifício do antigo posto médico, manifestou a sua opinião em relação ao assunto defendendo que se devia fazer uma avaliação do estado das árvores e dos danos que estão a causar, bem como tentar encontrar uma solução, como por exemplo alargar as caldeiras.

Quanto há hipótese de se efetuar o corte das raízes que estão a danificar o passeio e via, tendo em conta o porte dos pinheiros-mansos, esta solução poderia colocar em causa a estabilidade das árvores e, numa situação de intempérie, estas acabarem por não resistir e caírem.

As raízes dos pinheiros-mansos provocaram já danos na EN261, nos passeios e estacionamentos ao redor, o que leva a população a temer a ocorrência de algum acidente, para além de condicionar a visibilidade. No final, a opinião foi unânime de que são maiores os danos que os benefícios e, sem outra solução possível, o corte das árvores seria a melhor opção.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This