Região: Almodôvar volta a acolher concerto inaugural do Terras Sem Sombra

0

A Igreja Matriz de Almodôvar volta a ser o palco escolhido pela organização do “Terras Sem Sombra” para começar a edição de 2017 do Festival, que festeja a Música Sacra e põe em grande destaque o riquíssimo património arquitetónico da Diocese de Beja.

O património almodovarense volta a merecer a honra de marcar o arranque do Festival, este ano com uma novidade: visitas ao património do centro histórico de cidades e vilas que o integram.

Assim, a 13.ª Edição do “Terras sem Sombra” começa em Almodôvar, às 14.30 horas do próximo dia 11 de Fevereiro, com um programa de visitas desenvolvido e acompanhado por especialistas no estudo do património cultural e natural do Distrito de Beja, num percurso tem como ponto de partida a igreja matriz de Santo Ildefonso, com passagem e destaque para o Convento de Nossa Senhora da Conceição, Igreja da Misericórdia, o Museu Severo Portela e Museu da Escrita do Sudoeste, algumas casas particulares, lojas e outros edifícios e monumentos de especial interesse artístico ou histórico na Vila de Almodôvar.

Mais tarde, às 21.30 horas, o concerto de inauguração do Festival estará a cargo da Accademia del Piaccere, um grupo de referência da música antiga que é considerado um dos principais conjuntos da Europa e será dirigido pelo maestro Alqhai, com a participação de Arcángel, uma das grandes vozes andaluzas da atualidade.

No dia seguinte, 12 de fevereiro, a passagem do Festival por Almodôvar fica completa com um riquíssimo passeio pela biodiversidade na Serra de Mú, território singular e de grande valor ao nível da sua flora e fauna, com início marcado para as 10 horas.

Deixar uma resposta

Share This