Região: Assembleias Municipais marcaram uma marcha em defesa dos serviços públicos

0

Assembleias Municipais Litoral Alentejano marcaram para o próximo dia 22 de maio uma marcha em defesa dos serviços públicos.

Saúde e acessibilidades dominaram a reunião que no domingo juntou em Grândola mais de três centenas de políticos e munícipes do Litoral Alentejano.

No encontro promovido pelos Presidentes das Assembleias Municipais de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines e em que participaram as Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, Movimento de Utentes dos Serviços Públicos, Deputados da Assembleia da República e População do Litoral Alentejano, foi aprovada uma Declaração que visa o reforço da Estratégia Integrada de Desenvolvimento Territorial do Alentejo Litoral 2014-2020 definida no seio da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral.

No documento, aprovado por maioria, as Assembleias Municipais defendem a “necessidade de uma verdadeira política pública nacional que promova o desenvolvimento do Alentejo Litoral, com serviços públicos de qualidade e gerador de oportunidades coletivas e individuais”.

As Assembleias Municipais decidiram ainda enviar a tomada de posição ao Presidente da República, à Presidente da Assembleia da República ao Primeiro-ministro, e aos Grupos Parlamentares e marcaram para o próximo dia 22 de maio, pelas 18 horas, uma marcha em defesa dos serviços públicos, com partida de Santiago do Cacém e Aldeia de Santo André até ao Hospital do Litoral Alentejano, numa iniciativa que traduza a necessidade de reabilitação do conjunto de vias de comunicação e do reforço das unidades do serviço nacional de saúde na região.

Deixar uma resposta

Share This