Região: Conselho Estratégico para o Desenvolvimento Intermunicipal do Alentejo Litoral reuniu na Vitacress em Odemira

0

Realizou-se no passado dia 13 de maio a primeira reunião ordinária de 2016 do Conselho Estratégico para o Desenvolvimento Intermunicipal, na Vitacress em Boavista de Pinheiros no concelho de Odemira.

Tendo como temática central a Valorização dos Recursos Endógenos que corresponde ao Eixo 3 da Estratégia de Desenvolvimento do Alentejo Litoral 2020, a reunião contou com a presença do Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira.

Na sua intervenção, o membro do Governo deixou alguns desafios aos autarcas e aos empresários da sub-região presentes na iniciativa, mostrando-se conhecedor da Estratégia de Desenvolvimento que têm vindo a ser defendida para o Alentejo Litoral.

De acordo com o Secretário de Estado, cabe também às autarquias a criação de condições e infraestruturas para conseguir captar investimento e fixar mão-de-obra, por seu lado, os empresários precisam ter consciência da necessidade da aposta na tecnologia, inovação e conhecimento, conduzindo, deste modo, a uma melhor interação com as tecnologias.

Neste ponto, as entidades presentes foram ainda esclarecidas que o PDR- Programa de Desenvolvimento Rural 2020 encontra-se em fase de reprogramação. Durante a sua intervenção, deu a conhecer as linhas de força da acção governativa para a área Agrícola e Alimentar, permitindo aos membros do Órgão Consultivo da CIMAL colocar as principais preocupações.

No decorrer da reunião, Paulo Madruga, consultor da Augusto Mateus & Associados, fez uma intervenção onde explicou a temática da Valorização dos Recursos Endógenos presente no Eixo 3 da Estratégia de Desenvolvimento do Alentejo Litoral 2020.

Seguindo a linha orientadora das anteriores reuniões, houve ainda espaço para se discutirem assuntos do interesse da sub-região e da articulação em torno das intervenções das diversas entidades.

O encontro terminou com uma breve apresentação da Vitacress levada a cabo pelo Diretor- Geral, Luís Mesquita Dias, ficando perceptível a dimensão e importância da empresa, não só pelo facto da mesma estar presente em nove mercados europeus, mas também por ser o maior empregador privado do Concelho, sendo que 95% dos trabalhadores são de nacionalidade portuguesa.

Seguiu-se uma visita guiada pelas instalações da empresa, onde os participantes tiveram a oportunidade de observar não só as plantações dos produtos hortícolas mas também todo o processo até ao embalamento.

Deixar uma resposta

Share This