Região: Em 2015 foram registados mais 800 incêndios no distrito de Setúbal

0

Os números foram divulgados durante a apresentação do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais 2016 para o Distrito de Setúbal, que decorreu na última semana no Seixal.

Patrícia Gaspar, Comandante Operacional Distrital de Setúbal (CODIS), lembrou que no ano de 2015 se registaram mais de 800 ocorrências no distrito, mais do dobro do que em 2014, mas que o aumento não teve correspondência em área ardida.

“2015 foi um ano difícil e Setúbal não foi exceção, mas tivemos zero vitimas, que é o número mais importante. Apesar de mais ocorrências, a área ardida foi de 296 hectares, a segunda menor no país”, salientou.

A CODIS afirmou que durante a ‘Fase Charlie’ vão existir 327 operacionais no distrito, 88 veículos e oito postos de vigia, existindo a possibilidade de serem reforçados.

“Queremos baixar o número de reacendimentos, com números que o ano passado não nos agradaram e vamos ter um Centro de Meios Aéreos em Grândola, com o Montijo em ‘stand-by’ e pronto a ser ativado. Apesar de tudo, não podemos ficar sentados agarrados às boas estatísticas”, concluiu.

Deixar uma resposta

Share This