Região: Nuno Magalhães preocupado com demora nas obras do troço do IC1 Alcácer do Sal – Grândola

0

Nuno Magalhães, deputado do CDS-PP eleito pelo círculo de Setúbal, está “muito preocupado com a demora das obras de reparação do Itinerário Complementar 1 (IC1), nomeadamente o troço entre Alcácer do Sal e Grândola, situação que tem deixado os utentes desesperados pela falta de soluções por parte da tutela”.

Depois de questionar o Governo, Nuno Magalhães foi informado pelo mesmo de que o processo referente à estrada em questão se encontra “dependente da obtenção de visto prévio do Tribunal de Contas, para o contrato de subconcessão revisto”.

Contudo, o problema persiste, os utentes desesperam e as obras tardam a iniciar, e, de acordo com as últimas informações, não deverão ter início antes de 2018.

Nuno Magalhães considera que a demora na resolução deste problema, “além de colocar em risco a segurança de pessoas e bens, não é benéfico para a economia local dos municípios servidos por este troço do IC1, nomeadamente Alcácer do Sal e Grândola”.

O deputado do CDS-PP entende que o Distrito de Setúbal “só pode ser competitivo, e só pode ter uma economia sustentável criadora de postos de trabalho e com atração de investimento, se tiver boas condições em termos de mobilidade e boas acessibilidades”.

De acordo com informações chegadas ao Grupo Parlamentar do CDS-PP, a tentativa do Governo Socialista de dar resolução ao problema passa pela “execução direta da obra pelo Estado, adotando medidas excecionais, e ficando os utentes à espera de que seja cumprida a palavra dada por parte do Executivo”.

Deixar uma resposta

Share This