Regional: GNR desmantela rede de burla tributária através de fundos comunitários

0

A GNR anunciou o desmantelamento de uma rede de burla tributária que desenvolvia um esquema fraudulento de obtenção de fundos comunitários, tendo constituído 13 arguidos numa operação que decorreu em Lisboa, Setúbal, Beja e Faro.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que foram constituídos 13 arguidos (cinco pessoas singulares e oito empresas) e apreendidos vários suportes de armazenamento de dados digitais, como discos rígidos, e documentação diversa que permite “apurar a obtenção e dissimulação de vantagens patrimoniais ilícitas na ordem das várias centenas de milhares de euros e que servirão posteriormente para a recuperação dos cofres do Estado”.

Na operação, designada “Guadiana”, estiveram empenhados 85 elementos, entre militares da GNR e funcionários da Autoridade Tributária (AT), que deram cumprimento, na terça-feira, a 15 mandados de buscas e apreensão (cinco domiciliárias e 10 não domiciliárias) nos distritos de Lisboa, Setúbal, Beja e Faro, sublinha a corporação.

Aquela força de segurança indica também que as ações de busca e apreensão foram o culminar de uma investigação que durava há 13 meses, estando em causa os crimes de fraude fiscal qualificada, burla tributária e frustração de créditos e branqueamento de capitais.

Deixar uma resposta

Share This