Santiago do Cacém: Alvalade marca arranque muito positivo da Presidência nas Freguesias

0
A freguesia de Alvalade marcou o arranque do terceiro ano consecutivo da iniciativa “Presidência nas Freguesias”, nos dias nos dias 6, 7 e 8 de abril.
Álvaro Beijinha e os Vereadores a tempo inteiro, acompanhados pelo Presidente da Junta de Freguesia, Rui Madeira, e por técnicos da CMSC, visitaram a primeira de oito freguesias.
“As primeiras notas são francamente positivas. Decidimos, à semelhança do que fizemos nos anos anteriores, desde o início do mandato, avançar para mais uma Presidência nas Freguesias, cujo objetivo é estarmos no terreno com uma política de proximidade, que nos caracteriza”, destaca o Presidente da CMSC, Álvaro Beijinha. “Andamos no terreno durante todo o ano, mas aqui estamos de uma forma mais organizada, acompanhados pelos executivos das Juntas de Freguesia e de técnicos de várias áreas. Assim percebemos, de uma forma mais próxima, a realidade de cada uma das freguesias”, sublinha. “A nossa intervenção é junto das empresas, das instituições, perceber aquilo que tão bom se está a fazer nas áreas empresarial, social e educativa, e perceber no que é que a Câmara pode contribuir, ainda mais, para o sucesso dessas empresas e dessas instituições. Foi uma vez mais com esse objetivo que iniciámos estas visitas”.
“Começámos por Alvalade, uma freguesia que tem uma componente muito ligada à agricultura. Tivemos oportunidade também de contactar uma empresa de exploração agrícola e uma queijaria”, exemplifica Álvaro Beijinha. A restauração foi outra das áreas a merecer a atenção da comitiva. “Fruto de ser atravessada pelo IC1, a Mimosa tem muita expressão na área da restauração. Tivemos oportunidade de visitar o seu maior restaurante – São Sebastião – para percebermos a evolução que tem havido ao longo dos anos. Com a abertura da autoestrada, há cerca de 16/17 anos, os restaurantes da Mimosa sofreram um forte impacto negativo, mas foram-se adaptando à nova realidade. Hoje, este restaurante está outra vez no caminho do sucesso e emprega algumas dezenas de pessoas”, congratula-se o Presidente da CMSC.
“Depois, tivemos uma vez mais oportunidade de visitar a escola, o lar, o centro de dia, ou a creche. Percebe-se que é uma freguesia que está com muita dinâmica, que organiza eventos como o Alvalade Medieval ou o Alvalade – Porto Covo, que trazem milhares de visitantes ao nosso concelho e à freguesia em particular”. Álvaro Beijinha não tem dúvidas em afirmar que eleitos e técnicos saíram de Alvalade “reforçados para continuar a desempenhar o nosso trabalho. Tenho a certeza absoluta que Alvalade tem futuro”.

Deixar uma resposta

Share This