Santiago do Cacém: Álvaro Beijinha justifica viagem a convite da Galp com “relações institucionais”

2

A Câmara de Santiago do Cacém justificou ontem a viagem do presidente do município a França, para o campeonato europeu de futebol, a convite da Galp, com as “relações institucionais” que a autarquia mantém com a empresa.

Num comunicado, o gabinete de comunicação da Câmara Municipal de Santiago do Cacém confirma que o presidente da autarquia, Álvaro Beijinha, “esteve em Lyon”, em França, a 22 de junho, “a convite do diretor da refinaria de Sines.

Lembrando que “a autarquia tem relações institucionais com a refinaria de Sines há mais de uma década”, o mesmo documento explica que “a câmara assume um papel de interlocutor entre o movimento associativo do município e a refinaria de Sines, razão pela qual esta empresa entendeu convidar o município”.

E, justifica: “foi nesse âmbito, que o presidente da Câmara aceitou o referido convite”. Com muitos dos trabalhadores da refinaria de Sines a residir no concelho de Santiago do Cacém, a autarquia assina anualmente protocolos com a empresa, que visam “apoios anuais a grupos desportivos e culturais”.

“Não existe, contudo, nenhuma dependência de ordem financeira, económica, ou qualquer outra, que ponha em causa a isenção da Câmara Municipal de Santiago do Cacém em relação à empresa Galp Energia”, pode ler-se ainda no comunicado.

Discussão2 comentários

  1. José Manuel Jesus Batista

    Justificar o injustificável! Eu não ia, mas por essas e outras é que eles são os eleitos e iluminados, e eu já fui mas pouco.

  2. meus amigos a seita é toda a mesma para lá do convite para ver portugal quantos outros convites e favores esta gente vive, engordam à conta do contribuinte mas não ficam por ai têm de ter u role de amigos para poderem continuar na engorda.

Deixar uma resposta

Share This