Santiago do Cacém: Árbitros de Santiago do Cacém debateram novas tecnologias

0

Numa organização do Núcleo de Confraternização dos Árbitros de Futebol de Santiago do Cacém, no âmbito das comemorações do 38º aniversário, decorreu no dia 2 de junho, em Ermidas-Sado, um colóquio subordinado à temática das novas tecnologias.

O evento, reuniu cerca de quatro dezenas de participantes, que ouviram as intervenções dos preletores convidados para o efeito, no caso: Luciano Gonçalves (presidente da APAF), Lucílio Baptista (membro do Conselho de Arbitragem da FPF), Luís Vidigal (antigo futebolista internacional/comentador desportivo), João Alves (antigo futebolista, treinador, comentador desportivo e responsável pela Escola de Futebol Luvas Pretas) e Luís Godinho (árbitro internacional).

Um colóquio, moderado pelo jornalista Paulo Sérgio, que contou com a presença do presidente da Direção da AF Setúbal, Francisco Cardoso.

“Creio que conseguimos, mais uma vez, promover um colóquio de grande relevância. A temática trazida a debate gerou grande interesse e participação de quem marcou presença e esse fato deixa-nos muito satisfeitos”, analisou o presidente da Direção do Núcleo de Confraternização dos Árbitros de Futebol de Santiago do Cacém (NCAFSC), José Costa.

Para o dirigente do NCAFSC, o tema debatido teve importância acrescida, “uma vez que houve muitos esclarecimentos dos preletores, nomeadamente por parte de Lucílio Baptista, em resposta a dúvidas levantadas pelos presentes”.

“Correu muito bem e todos ficaram agradados com o evento”, assegurou José Costa, dirigente do núcleo, que atualmente conta sete árbitros, no ativo, filiados na AF Setúbal, e cerca de 30 associados.

Francisco Cardoso, presidente da Direção da AF Setúbal, elogiou a iniciativa do NCAFSC, “que trouxe a debate um tema que ganha cada vez mais interesse, discussão e importância no mundo futebol” e não deixou de transmitir ao líder votos de felicitação pelos 38 anos de vida do núcleo e pelo trabalho que continuam a desenvolver em prol da arbitragem numa área do distrito de particular dificuldade para cativar novos árbitros.

Para José Costa a presença do presidente da Direção da AF Setúbal, que se fez acompanhar por Diamantino Pires (vice-presidente do Conselho de Arbitragem da AF Setúbal) “foi muito importante para o núcleo no sentido do reforço institucional”, assim como dos diversos convidados, entre os quais representantes dos núcleos de arbitragem da nossa região, nomeadamente de Setúbal, Almada/Seixal, Pinhal Novo e a Academia de Futsal da Margem Sul.

A finalizar, o presidente dos árbitros de Santiago do Cacém não deixou de apelar a que os jovens daquela região ganhem interesse pelo mundo da arbitragem e assim fortalecer a representatividade da arbitragem do concelho.

 

Deixar uma resposta

Share This