Santiago do Cacém: Concelho regista o maior índice de crescimento turístico do Litoral Alentejano (com áudio)

0

Santiago do Cacém foi o concelho do Litoral Alentejano (LA) que mais cresceu ao nível do turismo no ano de 2016. De acordo com os últimos dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística que compara o ano de  2016  em relação ao ano de  2015.

Ao nível da NUTIII, que engloba os cinco municípios do Litoral Alentejano (Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira), Santiago do Cacém registou no indicador de estada média de hóspedes por noite a maior subida de entre os municípios com 5%.

Na estada média de hóspedes estrangeiros registou um aumento de 4,8 % a maior subida no conjunto dos municípios do Litoral Alentejano. Em número de dormidas em estabelecimentos turísticos por cada cem habitantes foi a maior percentagem registada na região com 19,9%. Em relação ao total de crescimento de estabelecimentos, a percentagem de crescimento situa-se nos 8,3%, colocando o Município no segundo lugar deste item de avaliação.

Nos proveitos que as empresas obtiveram, relativamente aos alojamentos, Santiago do Cacém registou 13,8%, um valor só ultrapassado por municípios que detêm alojamentos turísticos de gama alta e muito alta.

Álvaro Beijinha, Presidente da Câmara Municipal refere que “estes são dados que revelam que Santiago do Cacém, indiscutivelmente, tem vindo a crescer do ponto de vista turístico. Há quem queira contrariar esta ideia, mas basta falarmos com os operadores turísticos para percebermos que há uma procura cada vez maior do nosso Concelho”.

Este aumento da procura, por parte dos turistas quer nacionais, quer estrangeiros, reflete segundo o autarca “a estratégia municipal ao nível da promoção”. Como são exemplos: a participação na BTL, a integração de delegações a nível internacional, a organização de Feiras e Certames (Santiagro e Feira do Monte, que têm batido nos últimos anos números recordes de entradas), de Festivais Gastronómico (da Enguia da Lagoa de Santo André e do Tomate em Alvalade), de iniciativas culturais onde a Câmara é organizadora e/ ou parceira, a criação da Rota dos Museus, a parceria com a Direção Regional de Cultura do Alentejo para dinamização das Ruínas Romanas de Miróbriga , bem como a revitalização do património.

Deixar uma resposta

Share This