Santiago do Cacém: Dinâmicas empresariais e aumento da população dinamizam freguesia de Ermidas-Sado

0

Ao contrário daquilo que vai acontecendo em grande parte do interior do país, com o problema da desertificação, em Ermidas-Sado está a acontecer o oposto: a população está a crescer.

O aumento do número de crianças deverá mesmo originar a criação de mais uma turma no 1.º ciclo. As fortes dinâmicas empresariais da freguesia estão na origem deste dado muito positivo, que constitui o destaque maior da 5.ª etapa da Presidência nas Freguesias, que decorreu entre os dias 6 e 8 de junho.

Álvaro Beijinha, Presidente da CMSC, confirma “uma tendência que já tínhamos registado nos últimos anos, mas agora de uma forma mais acentuada. Tem aumentado o número de alunos no pré-escolar e no 1º ciclo. Está em cima da mesa a criação de mais uma turma no 1.º ciclo. É um sinal muito positivo”, congratula-se Álvaro  Beijinha, que sublinha o facto da Câmara ir avançar, “dentro de muitos poucos dias, para a obra de requalificação e ampliação da escola, com um investimento de mais de 370 mil euros só na obra, além de todo o equipamento”.O projeto para esta remodelação foi apresentado no dia 6, no Centro Cultural de Ermidas-Sado.

A explicação para este aumento da população reside, em grande parte, ao facto da ZIL de Ermidas “estar com uma dinâmica fortíssima, em particular a Maredeus, que neste momento emprega quase 240 pessoas, que como empresa é o maior empregador do Concelho e que atrai muita gente de fora. Existem outras empresas que também estão com mais trabalho e que contrataram mais trabalhadores. Em boa hora a Câmara investiu no Parque Empresarial de Ermidas-Sado”, destaca o Presidente da CMSC.

O conjunto de investimentos significativo em Ermidas-Sado é outro dos temas que merece nota de realce por parte de Álvaro Beijinha. “Felizmente, nos últimos tempos, temos tido um Presidente de Junta disponível para colaborar com a Câmara. As pessoas já não acreditavam que iam ter arruamentos e passeios em frente às suas casas e estão agora a verificar que os compromissos assumidos há quase quatro estão a ser cumpridos”. Destaque ainda para “uma obra não muito visível, a ETAR em Vale da Eira, um grande investimento de cerca de 100 mil euros nestas infraestruturas na área do saneamento”.

Deixar uma resposta

Share This