Santiago do Cacém: Empresas com faturação inferior a 150 mil euros isentas de “derrama”

0

A Câmara e a Assembleia Municipal de Santiago do Cacém aprovaram a isenção de Derrama para as empresas sediadas no concelho que não ultrapassem os 150 mil euros de faturação anual.

Recordamos que a “Derrama” é o imposto municipal que incide sobre o lucro tributável das pessoas coletivas e segundo o autarca de Santiago do Cacém esta medida pretende “contribuir para ajudar as pequenas e médias empresas, fundamentalmente as pequenas”.

Ao prescindir desta receita, a Câmara pretende implementar mais uma medida de “ajuda à economia local, que se insere numa política que tem vindo a ser seguida nos últimos anos, espelhada por um conjunto de investimentos que a Câmara tem feito ao longo dos anos em parques empresariais, em que, por exemplo, disponibiliza terrenos às empresas que se queiram fixar no município a preços bastante reduzidos”, acrescenta Álvaro Beijinha.

O autarca da CDU lembra ainda outros apoios da Câmara aos empresários, nomeadamente através do Gabinete de Apoio ao Empresário.

A proposta apresentada pela Câmara foi aprovada, por maioria (com os votos a favor da CDU e do BE, e com as abstenções do PS e do PSD), na Assembleia Municipal realizada no dia 15 de setembro.

Deixar uma resposta

Share This