Santiago do Cacém: São Domingos e Vale de Água com conjunto de investimentos importantes

0

As notas de maior destaque da Presidência nas Freguesias que decorreu na União de Freguesias de São Domingos e Vale de Água, entre os dias 17 e 19 de maio, vai para as explorações agropecuárias de sucesso e para o conjunto de intervenções e de obras que têm vindo a ser levadas a cabo pela Câmara e pela Junta de Freguesia.

“São freguesias que se caracterizam muito por uma atividade económica ligada à agricultura, ao mundo rural, à pecuária. Tivemos oportunidade de visitar, uma vez mais, algumas explorações agrícolas de sucesso e perceber que os nossos empresários no setor agrícola, não obstante lutarem contra muitas dificuldades, conseguem ter uma atividade que está a dar frutos, que emprega gente e que cria riqueza local”, sublinha Álvaro Beijinha, presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém.

A visita às escolas locais fez uma vez mais parte do programa e o Presidente da CMSC ficou com a opinião clara de que “cada vez faz mais sentido a defesa da escola pública e das escolas rurais em particular. É de facto um erro aquilo que se fez no passado, com os encerramentos e as tentativas de encerramento das escolas rurais. Recordo que, há dois anos, havia uma proposta por parte da Direção Regional de Educação no sentido de fechar a escola de São Domingos, que tem ótimas condições. Seria um erro total. Este ano não sabemos ainda, mas esperemos que não venha mais nenhuma proposta nesse sentido”.

Os Centros de Dia de São Domingos e de Vale de Água também foram visitados, sendo que ambos são geridos pela mesma entidade, a Casa do Povo de São Domingos. Álvaro Beijinha enaltece “o trabalho social importantíssimo por parte da Direção da Casa do Povo e dos seus funcionários no cuidado dos nossos idosos. Em freguesias mais pequenas, mais interiores e com acessos mais difíceis, é importante haver estas respostas sociais. E para além do Centro de Dia ainda há o apoio ao domicílio”.

Uma vez mais, o executivo e os técnicos da CMSC tiveram a companhia do Presidente e do executivo da Junta de Freguesia, que foi elogiado por Álvaro Beijinha. “Mesmo num quadro de dificuldades, é uma freguesia que continua com muita dinâmica, que está muito bem preservada. A Junta tem feito um excelente trabalho na limpeza urbana e no tratamento do espaço público”.

A comitiva teve ainda oportunidade de ver “o investimento recente no loteamento em Vale das Éguas, que a Câmara fez em colaboração com a Junta de Freguesia, bem como a obra que está neste momento a ser executada em Foros do Locário”.

A União de Freguesias de São Domingos e Vale de Água tem “uma área territorial enorme, são mais de 200 km2, com várias localidades muito dispersas e com muitos lugares. É muito exigente”, observa o Presidente da CMSC, que considera, contudo, que se “tem feito, ao longo destes anos, investimentos muito importantes para o bem-estar das populações. Há muita coisa, seguramente, a fazer, mas vamos continuar a trabalhar em conjunto com a Junta de Freguesia e assim continuar a investir naquelas freguesias”, conclui.

Deixar uma resposta

Share This