Serviços prisionais investigam morte de guarda prisional em Pinheiro da Cruz

0

O Serviço de Auditoria e Inspeção (Sul) da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) está a investigar a morte de um guarda prisional do Estabelecimento Prisional de Pinheiro da Cruz, em Grândola.

Uma nota da DGRSP refere que estão em curso diligências internas para esclarecer as causas da ocorrência, em que um guarda prisional foi encontrado morto numa das torres de vigilância do Estabelecimento Prisional de Pinheiro da Cruz, tendo aparentemente cometido suicídio com recurso à arma de serviço.

A ocorrência foi detetada cerca das 10:50 por um colega que ia proceder à rendição, adianta a DGRSP.

A vítima ainda chegou a ser assistida por elementos clínicos daquele estabelecimento prisional que procederam a manobras de reanimação, tendo também sido acionado o INEM que confirmou o óbito.

De acordo com os trâmites legais, a GNR de Comporta foi chamada ao local tendo feito a respetiva comunicação da situação à Polícia Judiciária.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This