Setúbal: FPF admite avançar com novo incentivo aos clubes do distrito

0

O Secretário-Geral da Federação Portuguesa de Futebol, Paulo Lourenço, disse ontem à noite, na AF Setúbal, que a federação pode vir a breve prazo a promover novo conjunto de apoios financeiros aos clubes.

Uma possibilidade admitida no âmbito de uma sessão de esclarecimento sobre o processo de aprovação das candidaturas ao Concurso de Modernização de Infraestruturas Desportivas.

Uma dezena de clubes filiados da AF Setúbal estiveram representados esta segunda-feira, à noite, no Auditório da Associação de Futebol de Setúbal, que serviu de palco a uma reunião solicitada à federação pela nossa instituição, que visou promover esclarecimentos sobre o processo de candidaturas ao Concurso de Modernização de Infraestruturas Desportivas, dinamizado pela FPF.

Os representantes de Vitória, CR Instrução, Charneca de Caparica, Quintajense, Est. Stº André, U. Moitense, Palmelense, Pinhalnovense, Barreirense e Fabril ouviram Paulo Lourenço, que se mostrou muito agradado com o fato de marcar presença na AF Setúbal, explicar, com detalhe, os critérios que levaram à aprovação das candidaturas.

Uma explicação que foi pontuda com intervenções dos dirigentes dos emblemas da nossa região, nomeadamente os que não foram contemplados com o apoio federativo.

“Recebemos um total de 526 candidaturas a nível nacional, que representavam projetos orçados em cerca de 102 milhões de euros. A federação apenas assumiu, no início deste processo, um valor de 4, 2 milhões de euros. Não esperávamos uma adesão tão vincada, pelo que houve que tomar decisões e definir critérios mais afunilados para que se chegasse aos 120 clubes contemplados”, lembrou o secretário-geral federativo.

Um esclarecimento que motivou um vasto leque de perguntas levantadas pelos nossos clubes que não deixaram de ficar sem a resposta mais adequada por parte do responsável. Aliás, Paulo Lourenço mostrou-se totalmente disponível para voltar a abordar o tema de forma mais pormenorizada com os responsáveis que assim entendessem.

Recorde-se que foram 18, os nossos emblemas filiados (CD Pinhalnovense, CR Instrução, Charneca da Caparica FC, Beira Mar AC Almada, Colégio Atlântico, FC Barreirense, UFC Jardiense, Sonho XXI, Palmelense FC, FC Alvaladense, UFC Moitense, Quintajense FC, CO Montijo, Estrela St.º André ACRD, FC Areias; JD Melidense; GD Fabril Barreiro; Vitória FC), que avançaram com a entrega de projetos, dos quais cinco (Quintajense, Moitense, Palmelense, Melidense e Alvaladense), acabaram por ser aprovados pela FPF.

Ou seja, 28 por cento, o que em comparação com outros distritos, assume ser um dado relevante, registou Paulo Lourenço.

O secretário-geral da FPF não travou a esperança dos nossos clubes que acabaram por não ver, neste processo, a candidatura aprovada. “Admito que a breve prazo a federação possa vir a abrir um novo processo de candidaturas”, anunciou.

Refira-se que a reunião foi liderada pelo presidente da Direção da AF Setúbal, Francisco Cardoso, que esteve ladeado, pelos vices-presidentes diretivos, João Aires, José Araújo e Carlos Sevilha, além dos diretores associativos Rui Carvalho e Carlos Carmelo.

Deixar uma resposta

Share This