Sindicato dos Médicos da Zona Sul denunciou que dos 93.842 utentes inscritos no Litoral Alentejano cerca de 52 mil não têm Médico de Família

0

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul denunciou que existem cerca de 52 mil utentes sem Médico de Família no Litoral Alentejano, cerca de 55% dos 93.842 utentes inscritos.

Alcácer do Sal conta com 12.123 utentes inscritos, segundo dados do governo não existem utentes sem médico, mas segundo o sindicato metade dos médicos desta unidade são médicos sem especialidade, aos quais foi atribuída uma lista de utentes, distorcendo uma realidade, onde na verdade são cerca de 7.000 os utentes sem Médico da Família, correspondendo a mais de 50% dos utentes aí inscritos.

Grândola dos 14.322 utentes inscritos, segundo dados do governo apenas 641 utentes não têm Médico de Família, contudo, quase metade dos profissionais médicos que aqui exercem não são especialistas em Medicina Geral e Familiar o que se traduz em cerca de 7.500 utentes sem Médico de Família atribuído, cerca de 52% dos utentes aí inscritos.

Em Odemira dos 25.478 utentes inscritos “apenas” 2.794 utentes não têm Médico de Família. No entanto, mais de metade dos médicos que trabalham nesta unidade não são especialistas, existindo assim cerca de 14.000 utentes sem Médico de Família, ou seja, cerca de 66% dos utentes aí inscritos.

Em Santiago do Cacém dos 27.335 utentes inscritos, segundo dados do governo, apenas 102 utentes não têm Médico de Família, contudo, existem vários médicos que não são especialistas em Medicina Geral e Familiar, revelando assim cerca de 10.800 utentes sem Médico de Família, ou seja, cerca de 40% dos utentes aí inscritos.

Em Sines dos 14.584 utentes inscritos, segundo dados do governo, “apenas” 3.279 utentes não têm Médico de Família, contudo, quase metade dos médicos desta unidade funcional não são especialistas existindo na verdade cerca de 9.900 utentes sem Médico de Família, ou seja, cerca de 68% dos utentes aí inscritos.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This