Sines: América do Sul em destaque no FMM Sines 2016

0

O FMM Sines – Festival Músicas do Mundo, cuja 18.ª edição se realiza entre 22 e 30 de julho de 2016 em Porto Covo e Sines, confirma a presença no seu programa de sete espetáculos que representam os caminhos alternativos da nova música sul-americana.

Alibombo, dupla colombiana, é um espetáculo de percussão e um laboratório de experimentação sonora a partir de materiais reciclados.

Bixiga 70 é uma banda brasileira que toma como modelo as grandes orquestras da música africana, como os Afrika 70 de Fela Kuti.

BNegão é um dos nomes de vanguarda da música urbana brasileira. Vem a Sines acompanhado pelos Seletores de Frequência.

Graveola é uma das bandas brasileiras mais viajadas. Depois de um concerto memorável em Sines, em 2010, regressa ao FMM amadurecida e com uma sonoridade mais elétrica e psicadélica.

A argentina Juana Molina é uma das maiores estrelas da música alternativa da América Latina. Cantora e compositora, a sua música é sempre uma exploração sonora.

Los Pirañas, outro projeto com origem na Colômbia, é uma banda alternativa que expande a música popular sul-americana para territórios psicadélicos onde a distorção é rainha.

Finalmente, e também da Colômbia, chega Systema Solar, um coletivo músico-visual especializado nas vibrações afrocaribenhas.

Antes desta delegação sul-americana, já tinham sido confirmados três nomes britânicos que vão estar presentes no FMM Sines 2016: Billy Bragg, The Comet is Coming e The Unthanks.

Deixar uma resposta

Share This