Sines: Câmara Municipal inaugurou o Balcão Único

0

A secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, defendeu hoje em Sines que os serviços do Estado e municipais devem estar no mesmo local, revelando interesse em instalar um Espaço Cidadão no novo balcão único municipal de Sines.

“Temos de caminhar cada vez mais para serviços do Estado e serviços da administração local estarem todos no mesmo sítio”, disse a governante, durante a inauguração do novo balcão único municipal de Sines, no distrito de Setúbal.

Referindo que existem atualmente “cerca de 500 Espaços Cidadão” no país e lembrando a intenção do Governo de, “até ao final do ano”, “duplicar” esse número, Graça Fonseca considerou que “em Sines faz muito sentido instalar um Espaço Cidadão”.

Apesar de haver cada vez mais serviços disponíveis online, a governante destacou a importância da existência de locais físicos de atendimento aos cidadãos, porque, frisou, “ninguém pode ficar de fora daquilo que é o acesso a serviços públicos e a bens públicos essenciais”.

“Para isso vamos todos, na administração central e na administração local, ter uma rede física de atendimento de qualidade que esteja próximo das pessoas e das populações e isso tem que ser uma rede de qualidade e que faça como aqui, junte num local todos os serviços que ´eu` preciso para poder resolver o ´meu` problema”, afirmou.

A governante destacou ainda a importância de “simplificar” procedimentos e de “reduzir formulários”, dando a possibilidade aos cidadãos de “preencherem de forma simples e, se possível, de forma desmaterializada”.

O novo Balcão Único de Sines, inaugurado hoje pela secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, disponibiliza atualmente três postos de atendimento que permitem tratar no mesmo local de questões relativas à água e saneamento, fazer pedidos de declarações, marcar o atendimento com membros do executivo municipal ou solicitar apoio.

O novo serviço permite concentrar no edifício dos Paços do Concelho o atendimento aos munícipes, exceto, por enquanto, os processos relativos às obras particulares.

A autarquia pretende com este projeto, que representou um investimento de cerca de 164 mil euros, melhorar o serviço prestado aos cidadãos e tornar a organização mais ágil e eficiente, otimizando processos e racionalizando recursos.

Segundo o presidente da Câmara de Sines, Nuno Mascarenhas, o investimento integra uma estratégia que pretende “aumentar a eficiência e a eficácia da gestão operacional e financeira da autarquia” e de “simplificar e modernizar o modelo de gestão e de administração autárquica com vista a um aumento da celeridade e da qualidade do serviço prestado”.

Além da possibilidade de o mesmo local onde está instalado o balcão único de Sines vir a receber o Espaço Cidadão, visto com bons olhos pelo autarca, Nuno Mascarenhas anunciou “para breve” a “disponibilização de serviços online”.

 

Fonte: Lusa

Deixar uma resposta

Share This