Sines: CDU exige a reabertura imediata da sala de estudo no ATL

0

A CDU de Sines enviou um comunicado à Rádio Sines onde “exige a reabertura imediata da sala de estudo no ATL”, da responsabilidade da Junta de Freguesia de Sines.

Segundo o comunicado da CDU, “os pais dos alunos do ATL foram informados que os seus filhos iriam deixar de ter aulas de apoio ao estudo no próximo ano com o argumento de que iria abrir mais uma sala para novos alunos”. Assim, a CDU “apoia a abertura de uma nova sala para a entrada de novos alunos, mas contesta o encerramento da sala de apoio ao estudo”.

Os comunistas criticam ainda o facto desta decisão ter sido tomada “sem qualquer debate com os pais na procura de alternativas e soluções”, obrigando que “várias crianças fiquem sem o devido acompanhamento no estudo ou obrigando os pais a mais um esforço financeiro, que não está ao alcance de todos, na procura de soluções no privado”.

A CDU recorda que o espaço ATL “tem uma tradição que não se coaduna com um pensamento economicista, do ponto de vista da receita arrecadada, e as novas necessidades deveriam conduzir a um debate em conjunto com o executivo da Câmara, sobre como adaptar este equipamento para que Sines possa dar resposta aos jovens também a partir dos 12 anos (quando termina a idade de permanecer no ATL) ou com necessidades especiais”.

Na Assembleia de Freguesia do dia 28 de setembro 2016, a CDU exigiu a “reabertura imediata da sala de estudo que esteve ao serviço de pais e crianças durante anos a fio, dotando o ATL de mais trabalhadores se assim for necessário e condenou este tipo de decisões tomadas como simples atos administrativos”.

A CDU termina o comunicado afirmando que, “na defesa firme dos legítimos interesses e expetativas da população de Sines, continuará a acompanhar de muito perto a evolução deste assunto”.

Deixar uma resposta

Share This