Sines: Combustível derramado no Terminal 21 está confinado e a ser alvo de remoção

0

O derrame de combustível ocorrido no domingo, dia 2 de outubro, no Terminal 21 em Sines está controlado, devidamente confinado e a ser alvo de remoção, confirmou a administração portuária, estando a Polícia Marítima a investigar a origem da ocorrência.

Segundo as autoridades “não existe qualquer risco ambiental” já que o combustível está confinado a uma área dentro do Terminal 21, onde ocorreu o incidente.

O derrame ocorreu no domingo cerca das 22 horas e 50 minutos e de imediato foram acionados meios especializados da APS para a contenção do produto e que incluíram 3.5 km de barreiras de contenção, 1.5km de barreira de absorção, 40 rolos de mantas de absorção, 6 lanchas, 2 skimmers e depósitos.

Adicionalmente, e para recolha dos resíduos, foi solicitada a colaboração, através do Capitão do Porto, da Autoridade Marítima por ser a entidade especializada neste tipo de incidentes e que colocou à disposição 3 skimmers e depósitos de recolha.

Para além dos equipamentos estão na operação vários meios humanos, 38 da APS e 15 da Autoridade Marítima e ainda uma equipa de mergulhadores especializados.

Segundo a Administração dos Portos de Sines e do Algarve, SA, “todas as equipas estão no local a trabalhar para uma rápida resolução do problema e para a reposição da atividade comercial do terminal prevendo-se que o produto derramado seja totalmente recuperado nos próximos dias”.

A Policia Marítima está a investigar a situação para perceber o que originou o derrame e apurar quem foi responsável pela situação que obrigou a parar a atividade no Terminal 21, que está concessionado à PSA.

Deixar uma resposta

Share This