Sines: Ecoslops já começou a produzir combustível naval

0

A primeira fábrica a nível mundial da Ecoslops, instalada em Sines, já começou a produzir combustível naval a partir dos óleos residuais recolhidos nos navios de carga, após um investimento de 18 milhões de euros.

Os óleos residuais, denominados ´slops`, são produzidos quer devido ao armazenamento e utilização de combustível para o funcionamento dos navios, quer, no caso dos cargueiros de granéis líquidos, dos resíduos de produtos (crude e refinados, entre outros) que ficam nos tanques.

O investimento total foi de 18 milhões de euros, contando com um apoio de 6,2 milhões de euros de fundos comunitários e do Estado português.

A empresa conta com 50 funcionários e deverá produzir cerca de 10 mil toneladas de combustível naval, mas a capacidade de produção situa-se nas 25 mil toneladas anuais, o que implica o processamento de 40 mil toneladas de resíduos.

Deixar uma resposta

Share This