Sines: Empresa Euroresinas está parada devido à greve

0

A fábrica da Euroresinas em Sines está “totalmente parada” devido à greve de 10 dias, iniciada às zero horas desta quarta-feira.

Desde o início da greve, que “os setores produtivos e de expedição estão parados”, apesar de os funcionários se apresentarem para assegurarem serviços como “a segurança da fábrica”, indicou Jorge Magrinho, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul.

A greve foi convocada como forma de reivindicar aumentos salariais e o fim da “discriminação” entre os cerca de 70 trabalhadores da Euroresinas, empresa da área química do grupo Sonae Indústria que se dedica à produção de resinas sintéticas desde 2001.

Jorge Magrinho disse esperar que a administração da empresa “se sente à mesa” com os trabalhadores, para tentarem alcançar um acordo que permita suspender a greve, que, caso contrário, se deverá prolongar até às 24 horas do dia 5 de junho. Tentamos um contacto com a administração da empresa o que não foi possível.

Deixar uma resposta

Share This