Sines: Homem que feriu GNR ficou em prisão preventiva

0

Ficou em prisão preventiva, o homem que no domingo atingiu um militar da GNR de Sines com um arpão de uma arma de pesca submarina.

Recordamos que tudo aconteceu no domingo, cerca das 14 horas, após militares da GNR terem sido chamados a um restaurante, em Sines, por causa de desacatos e onde estava o agressor, de 55 anos, a provocar os clientes e a exibir uma arma de pesca submarina, que tinha na sua posse.

Ao chegarem ao restaurante, o agressor ameaçou os militares da GNR e fugiu a pé, mas estes seguiram-no e quando o abordaram disparou o arpão da arma de pesca submarina contra um deles, acertando-lhe na mão.

O militar, de 24 anos, sofreu ferimentos ligeiros numa mão.

O homem que foi detido pela GNR de Sines no domingo, foi presente esta segunda e terça-feira no Tribunal de Santiago do Cacém para interrogatório, sendo-lhe aplicada a medida de coação mais gravosa que é a prisão preventiva.

Deixar uma resposta

Share This