Sines: Movimento Alentejo Litoral pelo Ambiente promove um ciclo de cinema documental

0

O Movimento Alentejo Litoral pelo Ambiente promove um ciclo de cinema documental em Sines. O primeiro filme, O Grande Invisível, passará na livraria “A Das Artes”, neste sábado,8 de abril, às 21 horas.

“O Grande Invisível” é um documentário sobre as consequências locais dos problemas causados por uma industria com uma escala global: a exploração petrolífera no Golfo do México, que em abril de 2010 provocou o maior derrame da história, com cerca 4,9 milhões de barris de petróleo a serem despejados para as águas do oceano.

A Deepwater Horizon, a plataforma petrolífera da BP onde aconteceu a catástrofe, é assim a parte mais visível do topo de um sistema industrial assente nas relações de dependência que – é preciso reconhecê-lo – atravessam todas as esferas da sociedade.

O documentário assinado por Margaret Brown lança um olhar desencantado sobre todo o processo de indemnizações que se seguiu ao acidente, prestando particular atenção às comunidades a quem o acidente mais violentamente afetou: aqueles para quem a atividade piscatória é o modo de sustento, e que fazem de Bayou La Batre – uma pequena localidade à beira mar – a capital do marisco do Alabama, uma zona que foi particularmente afetada pelo desastre.

Após o visionamento do filme, realiza-se um debate que tem como objetivo, dar a conhecer a realidade dos projetos de prospeção e exploração petrolífera pensados para a Costa Alentejana e Vicentina, num contexto propício à troca de ideias e em diálogo com o cinema documental.

Deixar uma resposta

Share This