Sines: Município assinala centenário da morte de Cláudia de Campos

0

O município de Sines atribuiu a medalha de mérito, a título póstumo, a Cláudia de Campos em 1995. Na altura, não foi possível encontrar descendentes da escritora, pelo que a medalha ficou na posse do presidente da Câmara, como seu fiel depositário.

Em 2016, ano em que se assinala o centenário da morte da autora, a medalha vai finalmente chegar às mãos de familiares da homenageada, Mafalda Magalhães Barros e Luísa de Magalhães Barros Franco, numa cerimónia a realizar a 26 de novembro, às 10h45, no Centro de Artes de Sines.

A entrega da medalha de mérito abre a visita a Sines a realizar no dia 26 no âmbito do Congresso “Celebrating our foremothers: on the occasion of the centennial of Cláudia de Campos” (http://claudiadecampos.wixsite.com/neww), que nos dias 24 e 25 de novembro está centrado na Biblioteca Nacional, em Lisboa.

O congresso é organizado pela Universidade de Lisboa, Universidade Nova de Lisboa e Women Writers’ Network, com a parceria da Câmara Municipal de Sines, entre outras entidades.

A visita à Sines de Cláudia de Campos inclui um percurso por locais da cidade ligados à vida e à obra da autora: Farol, Forte de Revelim, Igreja de Nossa Senhora das Salas, Capitania, Casa Vasco da Gama, Penedos, Rua Teófilo Braga, Igreja Matriz, Câmara Municipal de Sines e cemitério.

As inscrições para a visita são limitadas aos lugares disponíveis nos autocarros e devem ser feitas no Arquivo Municipal pelo endereço eletrónico arquivo@mun-sines.pt.

Deixar uma resposta

Share This