Sines: Primeiras confirmações do FMM 2017 são no feminino

0

As primeiras confirmações do programa do FMM Sines – Festival Músicas do Mundo 2017, que se realiza entre 21 e 29 de julho em Sines e Porto Covo, são dez cantoras, instrumentistas e compositoras.

Chegam da Europa, de África e das Américas. A primeira confirmação da 19.ª edição do festival é Cristina Branco, uma das grandes vozes e uma das mais finas sensibilidades da música portuguesa. Traz a Sines o seu disco de originais mais recente, “Menina” (2016).

Está também confirmada a presença da colaboração entre as cantoras e atrizes Fatoumata Diawara (Mali) e Hindi Zahra (Marrocos), um encontro da nova geração da diáspora africana em Paris. No FMM Sines 2017, o público também poderá ouvir a artista turca Gaye Su Akyol, uma pintora tornada cantora-compositora que revela a energia da cena “underground” de Istambul. Leyla McCalla, uma cantora, compositora e violoncelista norte-americana com raizes no Haiti, é outra artista confirmada.

De Cabo Verde chega Lura, voz marcante da música de um arquipélago que está sempre bem representado no FMM Sines. Mercedes Peón, expoente da folk galega mais experimental, regressa a Sines em 2017, depois de ter conquistado o público que assistiu ao seu concerto na edição de 2011 do festival.

Oumou Sangaré, uma das maiores vozes da música africana, vai estar no FMM Sines 2017 com “Mogoya”, o seu primeiro álbum de originais em oito anos. Outra estrela das músicas com raízes, Savina Yannatou, a cantora que hoje melhor representa o Mediterrâneo como grande território cultural, atua no festival com o grupo Primavera en Salonico.

Finalmente, está confirmada a presença de Tulipa Ruiz, uma das cantoras mais premiadas da nova geração da música brasileira.

 

 

Deixar uma resposta

Share This