Sines: Serviços do município de Sines com nova estrutura

0

Maior proximidade, menos burocracia e um uso mais racional dos recursos é este o principal objetivo da nova organização dos serviços da Câmara Municipal de Sines, que entrou em vigor no dia 1 de setembro.

Com esta reorganização, a estrutura flexível do Município passa a ser constituída por quatro divisões (Administração e Finanças, Obras Municipais e Serviços Urbanos, Ordenamento do Território, e Desenvolvimento Social) e duas unidades (Desenvolvimento Local, e Atendimento e Gestão Documental).

A reestruturação dos serviços obrigou igualmente a uma nova distribuição de competências entre os quatro membros do executivo municipal a exercer funções a tempo inteiro.

Assim, o presidente Nuno Mascarenhas vai manter sob sua responsabilidade direta o Gabinete de Apoio à Presidência e Vereação e a Divisão de Administração e Finanças, com exceção das áreas da Gestão Comercial e Processual, Gestão Documental, Gestão dos Recursos Humanos e Gestão Patrimonial. As competências da Unidade de Desenvolvimento Local ficam-lhe também integralmente atribuídas.

Já o vice-presidente Fernando Ramos fica com competência sobre a Divisão de Desenvolvimento Social (com exceção da área do Desenvolvimento Desportivo) e com as áreas da Gestão Documental e da Gestão dos Recursos Humanos, integradas na Divisão de Administração e Finanças.

Por seu lado, a vereadora Filipa Faria é responsável pelo Gabinete Jurídico, pelo Gabinete Veterinário Municipal, pela Divisão de Ordenamento do Território, pela área da Gestão Patrimonial, pela área de empreitadas de obras públicas e pela área de cadastro, topografia e desenho, ambas integradas na Divisão de Obras Municipais e Serviços Urbanos.

O vereador José Arsénio tem competência sobre o Gabinete de Proteção Civil e sobre a Divisão de Obras Municipais e Serviços Urbanos. Também é o membro do executivo responsável pela Gestão Comercial e Processual e pelo Desenvolvimento Desportivo.

 

 

Deixar uma resposta

Share This