Sines: Trabalhadores da Refinaria de Sines vão estar em greve na sexta-feira

0

Os trabalhadores da Petrogal marcaram uma greve para a próxima sexta-feira, dia 8 de janeiro, nas refinarias do Porto e de Sines e decidiram ainda prolongar a luta nos próximos três meses, estando ainda por definir os períodos de paralisação.

Na refinaria de Sines, o protesto terá uma duração de quatro horas, entre as 7 e as 11 horas de sexta-feira.

Nos plenários realizados em Lisboa, Sines e Porto, foi decidido prolongar a luta nos próximos três meses, com períodos adaptados às realidades de cada instalação, que serão divulgados com detalhe em aviso prévio de greve ainda esta semana.

Estes protestos foram decididos em plenários de trabalhadores a 30 de dezembro, depois de terem suspendido a paralisação, convocada para 28, 29 e 30 de dezembro, devido à existência de impedimentos a que “os trabalhadores exerçam, plenamente, o direito de greve”, informa um comunicado sindical.

Em causa, um despacho conjunto dos ministros da Economia e do Trabalho a determinar os termos de ‘funcionamento mínimo’, ou seja, ‘os mínimos técnicos’, das refinarias do Porto e de Sines durante o período da greve.

Na sequência da posição do Governo, além de suspenderem a greve, os sindicatos avançaram, no último dia de 2015, com uma providência cautelar no Tribunal Administrativo e Fiscal do Círculo de Lisboa para suspender a eficácia do despacho emitido pelos ministros do Trabalho e da Economia.

 

Deixar uma resposta

Share This