Tainha “reina” no Festival Gastronómico da Lagoa de Santo André

0

Pataniscas de tainha, enguias fritas e pato estufado com batata doce são algumas das especialidades que podem ser apreciadas, a partir de sexta-feira, no Festival Gastronómico da Lagoa de Santo André, em Santiago do Cacém.

A quarta edição do festival, promovido pela Junta de Freguesia de Santo André, no concelho de Santiago do Cacém, distrito de Setúbal, pretende promover “os sabores da lagoa, do mar e da terra”, dando a conhecer, durante três dias, o património gastronómico da região.

“Queremos projetar, cada vez mais, a freguesia de Santo André e o litoral alentejano, bem como as suas gentes e tradições e o nosso património gastronómico é um motivo de orgulho para todos, além de ser um importante ativo económico e turístico”, realçou hoje o presidente da Junta de Freguesia de Santo André, David Gorgulho, em declarações à agência Lusa.

Realizado numa tenda multiusos, instalada na costa de Santo André, o festival junta vários estabelecimentos de restauração, num total de 19 pratos confecionados com os produtos da região, petiscos e doces conventuais.

“Temos uma tendência crescente e, como as entradas são gratuitas, é sempre arriscado avançar com um número de visitantes, mas durante os três dias contamos sempre com casa cheia”, avançou o autarca.

Embora a enguia seja a “rainha” da lagoa de Santo André, os promotores do evento vão dar destaque, este ano, a outro produto nobre do ecossistema, “cedendo o primeiro lugar do pódio” à tainha que vai estar na base de vários pratos.

“Este ano, as ementas apostam forte nos pratos confecionados com a tainha, que é um peixe de grande qualidade, tendo em conta que cresce na lagoa, num sistema fechado, e que nada tem a ver com outros sistemas lagunares que não têm a qualidade da nossa lagoa de Santo André”, destacou.

A criatividade é o principal “chamariz do festival” com pratos a serem apresentados pela primeira vez, como é o caso do caril de tainha ou a bolonhesa de tainha.

“A nossa tainha chega a fazer uma massinha melhor do que qualquer robalo ou corvina e, por isso, estamos a falar de um produto de grande qualidade que vai ser aproveitado de uma forma surpreendente pelos restaurantes”, acrescentou David Gorgulho.

Ensopado de enguias, massinha de choco, sopa de tomate com tainhas, choco frito, leitão assado em forno a lenha, feijoada de choco e frango de cabidela são outros dos pratos que vão estar nas ementas dos restaurantes aderentes durante o fim de semana.

O festival abre na sexta-feira, às 18:30, com o Grupo Coral da Casa do Povo de Cercal do Alentejo.

Além da restauração e de espetáculos musicais, o certame conta igualmente com uma exposição e venda de doces, licores e frutas de produtores locais, no exterior da tenda multiusos.

Fonte: Lusa

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This