Um morto e quatro feridos em acidente entre Montemor-o-Novo e Évora

0

Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas, duas delas com gravidade, numa colisão entre três viaturas ligeiras de passageiros ocorrida esta terça-feira de manhã na Estrada Nacional (EN) 114, entre Évora e Montemor-o-Novo, revelou a Proteção Civil.

A vítima mortal é uma mulher, com cerca de 70 anos, revelou o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

O acidente, resultante da colisão entre três viaturas ligeiras de passageiros, provocou também quatro feridos, dois deles graves, “dois homens, com 73 e 84 anos”, e dois ligeiros, “uma mulher de 40 anos e um homem de 65”, acrescentou a mesma fonte.

O sinistro, para o qual os bombeiros foram alertados às 11h32, aconteceu ao quilómetro 169 da EN114, que liga os concelhos de Montemor-o-Novo e Évora, na zona de Santa Sofia, explicou à Lusa o comandante dos Bombeiros de Montemor-o-Novo, Luís Paixão.

Numa das viaturas, explicou o comandante, “seguia a vítima mortal e um dos feridos graves”. Outro dos veículos era ocupado “pelos dois feridos ligeiros” e, na terceira viatura envolvida no acidente, seguia “o outro ferido grave”.

A circulação rodoviária foi retomada na Estrada Nacional (EN) 114, na zona de Santa Sofia, concelho de Montemor-o-Novo (Évora), às 14h00, após ter estado cortada mais de duas horas, devido a um acidente, disse a GNR.

“A estrada já reabriu totalmente” e o trânsito está “a processar-se com normalidade”, explicou à agência Lusa fonte do Comando Territorial de Évora da GNR.

Os quatro feridos foram transportados pelos bombeiros para o Hospital do Espírito Santo de Évora, enquanto a vítima mortal foi levada para os serviços de Medicina Legal da mesma cidade.

Para o local do sinistro, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, foram mobilizados 31 operacionais, não só dos bombeiros, mas também do INEM e da GNR, apoiados por 11 veículos, nomeadamente a viatura médica de emergência e reanimação, e um helicóptero.

O helicóptero do INEM acabou por regressar à base, em Évora, porque os feridos foram transportados de ambulância pelos bombeiros.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Share This