V.N. de Santo André: Associações dão uma nova vida ao Bairro Azul

0

A instalação dos Kotas Bike Team, Grupo Motard de Vila Nova de Santo André e do Grupo Vozes Além’Tejo, veio dar uma nova vida ao Bairro Azul, situado no coração da cidade de Vila Nova de Santo André.

“A pouco e pouco, temos vindo a dar vida a este bairro, que era administrativo, dos tempos do Gabinete da Área de Sines (GAS)”. Álvaro Beijinha, Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, congratula-se com o reerguer do Bairro Azul, cujo ponto de viragem ocorreu em 2012, com a conclusão da requalificação urbana promovida pela CMSC em Vila Nova de Santo André, que contemplou aquele que é um dos bairros mais antigos da cidade.

“Gradualmente estamos a conseguir inverter essa situação”, sublinha Álvaro Beijinha, referindo-se ao estado precário de alguns dos edifícios do Bairro Azul. “Há que dar vida a este bairro, que é património público, a sua esmagadora maioria passou do GAS para o Estado. A CMSC, em tempos, ainda fez o desafio para sermos nós a administrar todo este edificado, mas foi-nos recusado. Felizmente, fruto de reuniões que ocorreram com os responsáveis do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU), por insistência da Câmara e da Junta, conseguiu-se que estes edifícios pudessem passar a ser entregues ao movimento associativo”. Jaime Cáceres, Presidente da Junta de Freguesia de Santo André, também se mostra muito satisfeito com a dinâmica registada no Bairro Azul nos últimos tempos, “num ponto da cidade que estava ao abandono e que, a pouco e pouco, começa a ganhar forma, pela mão das associações da freguesia”.

Os autarcas falavam por ocasião da inauguração da sede dos Kotas Bike Team, no dia 21 de janeiro, que surge na sequência das recentes inaugurações das sedes Grupo Motard de Vila Nova de Santo André e do Grupo à Cante Alentejano Vozes Além’Tejo, já depois de outras associações da freguesia se terem fixado no Bairro Azul. Álvaro Beijinha valorizou “o conjunto de iniciativas que os Kotas conseguem organizar”, destacando “a grande equipa que tem trabalhado muito em prol da comunidade e do desporto, fazendo um “reconhecimento público por este magnífico trabalho”. Jaime Cáceres realçou o “trabalho realizado pelos Kotas ao serviço da causa pública”, bem como “as grandes iniciativas que organizam, como são exemplos a Rota do Casqueiro no BTT e a Corrida do Casqueiro no atletismo”, não esquecendo “as caminhadas e iniciativas de cariz social às quais os Kotas são apoio”. António Parreira, Presidente da Direção dos Kotas Bike Team, fez um sentido agradecimento “aos sócios que muito trabalharam” para edificar a nova sede, bem como “a todas entidades que deram ajuda, como a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia”.

Deixar uma resposta

Share This